Dicas da Semana #16 - Thriller psicológico

| |


Oi gente, tudo bem com vocês?

Domingo, como vocês sabem é dia de Dicas da Semana. E hoje eu vou falar sobre um gênero literário que eu gosto bastante e vai acabar servindo para quem está participando das semanas temáticas da Maratona Literária de Inverno e não sabe ainda o que ler nessa segunda semana.

Hoje eu vou dar algumas dicas de Thriller psicológico, vou falar sobre seis, quatro que eu li e dois que eu pretendo ler nessa maratona. Mas antes de tudo, vamos saber o que é um Thriller psicológico. Pois ele é na verdade um subgênero dos Thrillers e tem algumas características específicas que o diferenciam dos demais.

No thriller psicológico, os personagens não são dependentes da força física para superar seus inimigos (que é frequentemente o caso típico de thrillers de ação), mas dependem de suas capacidades mentais, seja pela inteligência lutando com um oponente formidável, ou por tentar se manter em perfeito estado psicológico.

Uma das características nesse gênero é que o escritor/roteirista busca descrever os eventos do ponto de vista do personagem, sendo assim, na maioria das vezes, narrados em primeira pessoa, ou seja, o próprio personagem é quem conta a história. Esse recurso é muito usado pois faz o leitor ficar mais envolvido com o personagem e ser capaz de entender como funciona sua mente. Outra característica desse tipo de thriller é que a narração volta muitas vezes no tempo, em que o personagem conta algo que aconteceu em seu passado, mais especificamente para justificar suas atuais motivações, ou mostrar como algo mudou sua percepção sobre seu passado/presente.

Muitos thrillers psicológicos têm surgido nos últimos anos, em vários tipos de mídias (cinema, literatura, rádio etc.). Apesar das diferentes formas de representação, tendências gerais têm aparecido ao longo das narrativas. Alguns destes temas são: a percepção do personagem do mundo à sua volta, sua tentativa de distinguir o verdadeiro do irreal, sua mente confusa, busca por sua identidade e medo/fascínio pela morte. (Fonte: Wikipedia)


Assim, já tendo definido direitinho o subgênero, vamos as minhas dicas.


1. Fale! (Laurie Halse Anderson) 



Desde o primeiro momento, quando começou a estudar no colégio Merryweather, Melinda sabia que isso não passava de uma mentira deslavada, uma típica farsa encenada para os calouros. Os poucos amigos que tinha, ela perdeu ou vai perder, acabou isolada e jogada para escanteio. O que não é de admirar, afinal, a garota ligou para a polícia, destruiu a tradicional festinha que os veteranos promovem para comemorar a chegada das férias e, de quebra, mandou vários colegas para a cadeia.

E agora ninguém mais quer saber dela, nem ao menos lhe dirigem a palavra - insultos e deboches, sim - ou lhe dedicam alguns minutos de atenção, com duvidosas exceções. Com o passar dos dias, Melinda vai murchando como uma planta sem água e emudece. Está tão só e tão fragilizada que não tem mais forças para reagir.                                                                     
Finalmente encontra abrigo nas aulas de arte, e será por meio de seu projeto artístico que tentará retomar a vida e enfrentar seus demônios: o que, de fato, ocorreu naquela maldita festa?


2. Pretty Girl-13 (Liz Coley)


Três anos se passam, e Angie Chapman reaparece sem qualquer lembrança desse período. Como se o tempo tivesse parado. Ela ainda acredita ter treze anos e insiste que dali a três semanas vai para o oitavo ano. Angie não se reconhece na imagem da garota alta e magra que aparece refletida no espelho toda vez que se olha. E nem faz ideia do que são aquelas marcas e cicatrizes no seu corpo. Pretty Girl – 13 um mistério psicológico fascinante e perturbador em que a garota Angie tem de juntar os flashes de sua memória para descobrir a sua verdadeira identidade, ou seriam identidades?




3. A Garota Que Tinha Medo (Breno Melo)


Marina é uma jovem que faz tratamento para a síndrome do pânico. Às voltas com o ingresso na universidade, um novo romance e novas experiências, Marina tem seu primeiro ataque de pânico. Sua vida vira de cabeça para baixo no momento mais inapropriado possível e então psiquiatras e psicólogos entram em cena. Acompanhamos suas idas ao psiquiatra e ao psicólogo, o tratamento farmacológico e a psicoterapia. Ao mesmo tempo, conhecemos detalhes de sua vida amorosa e sexual, universitária e profissional, social e familiar na medida em que elas são marcadas pela síndrome. Um tema atual. Uma excelente obra tanto para conhecimento do quadro clínico como entretenimento, narrada com maestria e de uma sensibilidade notável.



4. Roubada (Lesley Pearse)


Quando uma bela moça loira foi encontrada desacordada em uma praia, ela não tinha nenhuma lembrança de quem era ou dos horrores pelos quais havia passado antes de chegar ali. A esteticista Dale não via Lotte Wainwright há tempos, mas, para seu pesar , reconheceu sua amiga na foto publicada pela imprensa local em um artigo que noticiava as misteriosas circunstâncias do aparecimento da jovem.*

*Coloquei uma sinopse mais resumida do que a que se encontra no Skoob, pois a de lá contém alguns spoilers. 






Essas foram dicas de alguns thriller que já li e que publiquei resenha, se quiserem saber um pouco do que achei de cada um. A maioria deles eu favoritei, pois como já disse, gosto muito desse tema, e sempre me admira como a mente humana pode ser poderosa, mas ela possui um limite. Então quando há traumas, a mente tem que lutar muito mais para se reerguer.

Agora vamos a dois livros que eu pretendo ler nessa Maratona de Inverno e que me interessam muito, e sempre vejo ótimas resenhas sobre eles.


5. Caixa de Pássaros (Josh Malerman)


Romance de estreia de Josh Malerman, Caixa de pássaros é um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler.                                                                                                                                        
Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão.


6. Não Olhe Para Trás (Jennifer L. Armentrout) 



Samantha é uma jovem de 17 anos rica e popular que, depois de passar quatro dias desaparecida, retorna ferida e desmemoriada. A nova Samantha não se reconhece no retrato de menina má e mimada que todos à sua volta começam a pintar. E logo descobrirá que foi a última a ver Cassie, a garota com quem mantinha uma relação confusa de amizade e rivalidade e que desapareceu no mesmo dia que ela. O que aconteceu na noite fatídica em que as duas sumiram? E por que Samantha foi a única a reaparecer? Não olhe para trás é um daqueles suspenses que só paramos de ler para tentar nos antecipar à autora e descobrir qual é o mistério.




Então é isso, essas foram minhas dicas de hoje. Quem aqui gosta do gênero? Já leram algum desses livros, ou tem vontade de ler? Alguém tem outra dica para mim? Há alguns outros que eu gosto bastante, e inclusive já falei várias vezes de Ratos (Gordon Reece) aqui no blog, que também recomendo muito. 

E amanhã começa a segunda semana temática na Maratona, por qual livros vocês acham que eu deveria começar? Caixa de Pássaros ou Não Olhe Para Trás? Estou bem animada com os dois e espero gostar das leituras.






14 comentários:

  1. Eu curto o gênero, apesar de ter me focado mais nos thrillers policiais nos últimos tempos. Não conhecia alguns livros que indicou e eles me deixaram meio curiosa e apreensiva, muitas abordam temas que me deixam meio... Como posso dizer? Transtornada, mexida. O último que li foi No Escuro que adorei, mas o que a personagem passou me deixou chocada, mesmo sendo uma realidade no nosso mundo, infelizmente.
    Estou muito interessada em Caixa de Pássaros e Não Olhe Para Trás, adoraria ver a resenha de ambos, mas principalmente o segundo que está a mais tempo na minha lista.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. olaaaa
    Fiquei bem curiosa por Pretty Girl 13 e nao fazia ideia que roubada era um thriller tbm, sempre achei que fosse um romance new adult kkkk mas fiquei curiosa pela sinopse tbm! lerei \o
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oiii, tudo bom?
    Gostei muito do post e das dicas, eu tenho muita vontade de ler Caixa de Passaros, desde que ouvi falar dele na Turnê Intriseca, também tenho uma vontade enorme de ler Pretty Girl 13 já tem um tempinho rsrsrsr.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  4. Eu admito que sou bem medrosa pra esse tipo de livro kkkkk
    Mas, já li Garotas de Vidro, da Laurie Anderson e foi uma experiência bastante interessante. Acabei de colocar o "Fale" na minha lista de leituras desejadas. :D

    Esse Caixa de Pássaros parece ótimo. Mas, um amigo me disse que eu ia ficar sem dormir, então... melhor não kkkkkkk'

    bjs, Sonhos em Tinta

    ResponderExcluir
  5. Eu amo livros de Thriller psicológico. Desses livros que você indicou eu só li Roubada e Fale! e amei os dois. Agora estou doida pra ler Caixa de Pássaros e Pretty Girl-13, parecem ser ótimos. Acho que você devia ler Caixa de Pássaros primeiro, ele parece ser muito bom *u*
    Eu indico pra você Garota Exemplar, O Pacto e Mentirosos (que eu não sei se entra muito no gênero).
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Adorei a escolha do tema, eu estou sempre em busca de novos livros que se encaixem nesse gênero, porque sou apaixonada por ele. Dos que tu citou já li A Menina que tinha medo e Caixa de Pássaros, posso dizer que ambas as leituras foram incríveis e não vou esquecê-las por um bom tempo. Tenho muita curiosidade em ler Fale, Roubada e Não olhe para trás. O outro livro que tu citou ainda não conhecia, mas já senti uma química com ele também rs

    ResponderExcluir
  7. Rafaella!
    Gostei bastante de saber que está participando da maratona e mais ainda por ter tido a ideia de falar sobre os gêneros e dar exemplos de livros.
    Não li nenhum dos que citou, mas tenho Caixa de pássaros aqui para leitura e ganhei Não olhe para trás, aguardo chegar.
    “O segredo é não correr atrás das borboletas... É cuidar do jardim para que elas venham até você.”(Mario Quintana)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  8. Gosto muito do gênero, é um dos meus preferidos. Desses quero ler Fale!, A garota que tinha medo, Caixa de pássaros e Não olhe para trás.

    ResponderExcluir
  9. Otimas dicas, ainda não li caia de passaros, mas ouvi falar muito bem e adoro thriller psicologicos, outro que me interessei foi Não olhe para trás, parece que tambem será bom
    http://viajandopelapaginas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Nunca li nenhum desses livros...me senti atraído em ler Caixa de Pássaros, a história parece ser bem legal e há muita gente falando do livro por aí.

    ResponderExcluir
  11. Quero quase todos kkkkk
    Fale!, A garota que tinha medo, Caixa de pássaros e Não olhe pra trás!
    bjooos e boas leituras \o/

    ResponderExcluir
  12. OI! Boas escolhas de thriller psicológico, a mente humana é realmente um mistério fascinante, sempre tive vontade de estudar alguns comportamentos. Dos livros que você já leu, eu não me interessei, mas do que lerá gostei dos dois. Caixa de Pássaros parece ser maravilhoso, já vi muitas resenhas também e ficava eufórica cada vez que lia. Quero saber o motivo de tanto pânico e para quem as pessoas não podem olhar.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  13. Gostei das dicas.
    O qual mais me chamou atencao foi Pretty Girl-13,achei bem bacana a idéia que o livro vem a apresentar.Tenho Não olhe pra trás na prateleira já faz um tempo mas até agora não iniciei a leitura,na realidade até já tinha se esquecido dele.

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Eu não sabia bem o que seria um Thriller psicológico antes desse post e posso falar agora que já li Thriller psicológico e gostei muito desses livros os que mais quero ler e Não olhe para trás e A Garota Que Tinha Medo que já li alguns resenha e gostei bastante da historia !!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...