Resenha #17 - O Reino Dourado (Romam Schossig)

| |

Título: O Reino Dourado - Em nome de Fanom
Autor: Roman Schossig
Editora: Página 42 (Fantas)
ISBN: 978-85-64590
Ano: 2014
Páginas: 340
Onde comprar: Aqui

Livro recebido de parceria com a Editora Página 42

Sinopse: Num mundo imaginário e numa época dominada pela nobreza e cavalaria feudal, um reino vive um período de prosperidade graças às riquezas encontradas nas regiões montanhosas. Na mais rica dessas cidades, Novas Lavras do Sul, a disputa pelas cavernas resultou em guerra entre os humanos e os kobolds, ambos adoradores de Fanom, deus da terra e das rochas. Na medida em que o ouro chega aos cofres da cidade, o ambiente fora das minas também se torna pouco amistoso, arrastando as pessoas para um mundo de falsidade, intriga e opressão dentro e fora do poder. As conspirações para derrubar o governo da cidade e as disputas dentro das minas ainda escondem um grande mistério que agora, no auge do poder da cidade, pode pôr um fim à prosperidade deste reino dourado.



Em O Reino Dourado: Em nome de Fanom somos apresentados à cidade de Novas Lavras do Sul e seus moradores. Através de um narrador que conversa com os seus leitores, ele nos mostra os eventos da cidade através dos anos.

Novas Lavras do Sul é uma cidade que vive em um período de prosperidade graças ao ouro que obteve pela mineração das cavernas. É chamada de a Pérola da Serra Dourada, devido a sua riqueza. Durante muitos anos ela foi o exemplo de riqueza e poder para todo o reino. Entretanto, nada é tão maravilhoso quanto parece. 

Desde o início da história somos apresentados às atrocidades e loucuras que as pessoas cometem por causa desse ouro. Enquanto alguns poucos podem usufruir de todas as riquezas e vivem em casas luxuosas, obtendo todas as vantagens que o ouro pode comprar; outros tantos vivem na pobreza, escavando as cavernas e se expondo às doenças e por muitas vezes, entrando em conflito com os kobolds na disputa pelo ouro.

Kobolds são criaturas humanoides, lendárias e protetores das cavernas. Eles vivem em tréguas com os humanos desde que esses não ocupem seu território, nas profundidades das cavernas. Entretanto, em vários momentos, os humanos não obedecem essa trégua e sofrem as consequências. 

Ilustração do início do livro

Tanto os habitantes de Novas Lavras do Sul quanto os kobolds são adoradores de Fanom, deus da terra e das rochas. E no livro pode-se perceber que as pessoas agem sempre em nome de Fanom, até as atrocidades que cometem, por vezes é em nome de Fanom.

"Em nome de Fanom, novas lavras eram exploradas, em nome de Fanom, as riquezas encontradas eram encaminhadas  - ou desviadas - para lá e para cá. Em nome de Fanom, construções gigantescas eram erguidas. Em nome de Fanom, patrocinava-se a arte. Em nome de Fanom, a sociedade era organizada e domesticada a aceitar tal expressão, como argumento supremo. Em nome de Fanom, a liberdade e a dignidade eram asseguradas e defendidas aos bons homens que aceitassem esse argumento, e em nome de Fanom, prendia-se, escorraçava-se, torturava-se e matava-se quem ousasse contestá-lo." (pg. 19)
Como eu disse no início a história de Novas Lavras do Sul é contada através dos anos. Considero ela como a personagem principal da história e é através da cidade que tudo se desenrola. Acompanhamos seu período de prosperidade, assim como também acompanhamos seu período de instabilidade. 

Somos apresentados a diversos personagens, alguns mais importantes, outros nem tanto, mas o autor soube desenvolver cada um. Cada um tem sua história e sua importância em determinado momento. E alguns são simplesmente odiáveis, e outros eu gostaria de conhecer melhor. 

Quando eu comecei a ler eu esperava uma história com mais ação, mas não foi isso que encontrei, mas de jeito nenhum foi ruim. O Reino Dourado nos mostra histórias de personagens reais, que sofrem e perdem tudo, e mesmo assim não desistem; de personagens que fazem de tudo para ter poder, e não se importam de passar por cima dos outros para conseguir o que quer; de personagens que se arrependem dos erros que cometeu e luta para tentar consertar isso; mostra a história de personagens que perderam seus entes queridos por causa da ambição de outros. Com diálogos incríveis conhecemos um pouco cada um dos personagens e a situação que passam. 

Confesso que dos vários personagens mostrados, os meus preferidos foram o coveiro e o colecionador. Adorei a história deles e de como eles foram importantes para um evento que acontece aproximadamente no final do livro. A história que eles contam para dois dos personagens foi a minha passagem preferida do livro.

Outra parte que eu gostei muito do livro foi o narrador. Achei a narrativa ótima devido a ele. Ele conversa com os seus leitores, isso me aproximou bastante da história. 

O que me incomodou um pouco na leitura do livro foi os vários erros de revisão que eu encontrei ao longo do texto. Não é nada que realmente impeça a leitura, mas achei que foi um pouco excessivo. Fora isso, achei a narrativa bem fluida, e achei interessante o uso da segunda pessoa em alguns momentos.

Recomendo bastante a história, foi uma leitura lenta, mas bastante prazerosa. Com diálogos bem construídos e alguns personagens que você vai amar odiar, vale bastante a pena. Esse é meu segundo contato com obra do autor, a primeira foi em um conto no livro Mundo de Fantas (que já foi resenhado aqui) chamado "Através do Cerrado" que também recomendo bastante.







16 comentários:

  1. Muito interessante! Gostei bastante da resenha :D

    Beijos!
    http://heartbreaker-girls.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza, que bom que gostou.

      Obrigada pela visita!! Beijinhos!

      Excluir
  2. Oi, adoro livros com esta pegada Senhor dos Anéis! Eu tb tenho um blog, que tá bem no comecinho, http://livroarbitriodotco.wordpress.com/, se vc quiser ver... ctz já estou acompanhando o seu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karla, eu não curto muito livros assim, mas gostei bastante desse, foi uma leitura bem agradável e recomendo bastante.

      Obrigada pela visita!! Beijinhos!

      Excluir
  3. Oi Rafa, parabéns pela parceria com a editora! Gostei muito da premissa desse livro e só de pensar que a cidade é protagonista da história me deixou ainda mais interessada. Adorei a sua resenha! Fiquei bem empolgada para lê-lo. Muito sucesso amiga <3

    Beijos, Rob

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rob, vale bastante a pena ler. É um livro diferente, mas bem legal. O LV dele está rolando lá no grupo, organizado pela Celly ;)

      Excluir
  4. Rafa parece ser uma leitura gostosa. Adorei essa ilustração. Estou com saudades de livros assim, com histórias de aventura, mistérios e tal. Espero ter a oportunidade de ler. Beijos.
    Clube da Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sa, foi ujma leitura bastante agradável mesmo. Não é um tipo de livro que tenho o costume de ler, mas gostei bastante. Recomendo muito.

      Obrigada pela visita!! Beijinhos!

      Excluir
  5. NOOOOSSAAAAA QUE CAPA LINDA <333 fiquei curioso com a premissa e já adorei saber que é nacional \õ/ Aeee que bom, gostei de saber que teremos entre amores e ódios com os personagens HAUHAUAHAH, parece ser uma boa leitura, personagens bem constituídos são o que me encantaram para ler logo esse livro, PRREEEEEECISO !

    Adorei a resenha, espero ler em breve ♥
    Beijos e até mais !
    http://umgrandevicioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luan, recomendo bastante a leitura. Todos os personagens são bem construídos e o autor desenvolve bem a história de cada um deles, mesmo os que não aparecem tanto.

      Que bom que gostou da resenha.

      Obrigada pela visita!! Beijinhos!

      Excluir
  6. Oie, Raffa!.

    Não sei se gostaria da leitura, mas quem sabe um dia eu não me amime.

    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fê,

      Também não é um livro que eu costumo ler, mas achei bastante agradável.

      Obrigada pela visita!! Beijinhos!

      Excluir
  7. Oi Rafa!
    Parabéns pela parceria com a editora. Amei a resenha e você me deixou super animada para ler, não conhecia o título, mas a capa é linda *--* Com certeza vou procurar saber mais sobre o livro e a editora.
    Beijos
    http://blogmaisumlivronaestante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mirian, que bom que gostou da resenha. A capa é linda mesmo. Espero que possa ler, vale bastante a pena.

      Obrigada pela visita! Beijinhos!

      Excluir
  8. Oi, Rafaella!
    Gostei da sua resenha!
    O livro me pareceu bem interessante e há tempos me cobro para ler mais nacionais!
    =D

    http://osdragoesdefogo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kaio, acho que esse é o tipo de livro que você gosta de ler. Que bom que gostou da resenha, recomendo bastante.

      Obrigada pela visita!! Beijinhos!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...